terça-feira, 19 de março de 2013

O SINPFFEBA CONVIDA.

O SINPFFEBA CONVIDA.

Á DIRETORIA DO SINDICATO DOS POLICIAIS FERROVIÁRIOS FEDERAIS,CONVIDA TODOS OS SEUS ASSOCIADOS PROFISSIONAIS DA SEGURANÇA PUBLICA FERROVIÁRIA A PARTICIPAREM DOS CURSOS E PALESTRAS PARA APRIMORAR O DESEMPENHO INDIVIDUAL E COLETIVO NAS AÇÕES VOLTADAS A ATUAÇÃO DA ATIVIDADE,COMO DIREITO PENAL, TÉCNICAS OPERACIONAIS,ABORDAGEM, ÉTICA ,ESTATUTO DO SERVIDOR E TÉCNICA DE UTILIZAÇÃO DE ARMAS.
O CURSO E AS PALESTRAS CONTARÃO COM APOSTILAS PARA ACOMPANHAMENTO E TERÁ INICIO NO DIA 21 DE MARÇO ÁS 18Hh00min. E TERMINO ÁS 22h00min.(QUINTA-FEIRA) E NO DIA 22 DE MARÇO O MESMO HORÁRIO SENDO QUE NO DIA 23 DE MARÇO SERÁ DAS 08h00min. ÁS 14h00min. DEVO INFORMAR QUE ESTAMOS AGUARDANDO A CONFIRMAÇÃO DA VINDA DE DOUTOR REGINALDO SILVA E NA OPORTUNIDADE Á DIRETORIA PASSARÁ AS ULTIMAS INFORMAÇÕES DO ANDAMENTO DA NOSSA TRANSFERÊNCIA DEVIDO A CONVOCAÇÃO DE URGÊNCIA DO NOSSO COORDENADOR ANTONIO DECCO PELO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA NESTA SEGUNDA-FEIRA DIA 18 DE MARÇO.
PARA ESCLARECIMENTO QUEM FOR NO DIA 21 PARA O CURSO NÃO PRECISA IR DIA 22,E NO SÁBADO É PARA TODOS.

Á DIRETORIA DO SINDICATO DOS POLICIAIS FERROVIÁRIOS FEDERAIS DA BAHIA;

PRESIDENTE- NORALDINO M. PITANGA
VICE - PRESIDENTE - WILSON J. JESUS
DIRETOR DE EVENTOS - MARIVALDO C. CRUZ (DADO)
PFF ABRÃO
www.pffbrasil.blogspot.com 

sexta-feira, 15 de março de 2013

quinta-feira, 14 de março de 2013

Noticia NUCOM PRF SR10



 
Boletim PRF 14/03/13

           PRF apreende grande quantidade de produtos ilegais na BR 101


A Polícia Rodoviária Federal em Gandu apreendeu uma grande quantidade de produtos ilegais. Tal fato ocorreu no km 368 da BR 101, ao anoitecer da última quarta feira (13/03). Durante abordagem ao veículo GM/Astra, foram encontradas 31 sacolas contendo 7200 relógios e 25 caixas de som sem a origem declarada e o devido desembaraço aduaneiro. Desta forma, o condutor de 25 anos de idade e o carona, de 19 anos, juntamente com a mercadoria irregular apreendida, foram conduzidos à Delegacia de Polícia Judiciária Local.    Foto: Delegacia  PRF de Itabuna/BA

PRF recupera caminhão furtado no Estado do Espírito Santo
Foto: Delegacia  PRF de  Eunápolis/BA
Policiais Rodoviários Federais na manhã desta quinta feira (14/03) recuperaram o caminhão VW/16.200 placas MTH-6933/ES no Km 892 da BR 101, município de Teixeira de Freitas.
Após receber denúncia do proprietário de que seu veículo havia sido furtado por volta das 12:00h do dia 13/03/13, na cidade de Serra/ES, e que o mesmo poderia estar se deslocando para o estado da Bahia, os policiais iniciaram as diligências na tentativa de encontrar o caminhão, o que foi atingido com êxito. Ao perceber que estava sendo seguido pelos policiais o condutor do veículo em questão saiu da rodovia, tentando acessar uma estrada vicinal, vindo a colidir em uma cerca, evadindo-se a pé do local.

O veículo foi então removido para o pátio do Posto PRF de onde, após os procedimentos administrativos, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciária Local.



RESUMO DO DIA 14/03/2013

ACIDENTES
FERIDOS
MORTOS
25
12
05




Missão da PRF: Garantir segurança com cidadania nas rodovias federais e nas áreas de interesse da União
ORIGINAL ASSINADO E ARQUIVADO NESTA 10ª SRPRF/BA
MÉRCIA OLIVEIRA
Chefe do NUCOM/BA
LEMBRE-SE: DIRIGIR ALCOOLIZADO É CRIME E PODE DAR CADEIA!
Plantão da PRF: Telefone (71)2101-2201                 EMERGÊNCIA -191
 PFF Abrão
www.pffbrasil.blogspot.com

R7 Faz enquete com leitores para saber se são a favor a volta da PFF

 

 

R7 - Rio de Janeiro

 

Você é a favor da volta da Polícia Ferroviária Federal nas estações de trem?


  • Sim88.85%
  • Não11.15%
    até as 11h  e 15 mn estava desta forma.
    A voz do povo é a voz de DEUS.
     
    Se a população quer o que impede o governo realizar.
    Fonte R7 Rio de Janeiro
    PFF Abrão
     

terça-feira, 12 de março de 2013

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA O FUTURO EM UM TOQUE.



EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA O FUTURO EM UM TOQUE.
A educação no Brasil tomou uma proporção muito boa, hoje as pessoas que não tinham como estudar em boas universidades tem esta possibilidade a poucos metros de suas casas, o ensino a distância veio como uma solução de ouro para aqueles que não tinham condições de fazer cursos e uma faculdade de ponta.
O ensino a distância esta apenas a um toque daqueles que buscam se formar ou fazer algum curso, com esta possibilidade muitas pessoas passaram a  criar um elo para ter como conseguir vencer seus obstáculos, muitos já estão formados por universidades  e tantos outros  já conseguiram algum emprego devido cursos que conseguiram fazer através da educação a distância.
Possibilita também a locomoção de muitas pessoas inclusive pelo nordeste, onde o trabalhador muitas vezes tem passar o dia na roça para conseguir sustentar sua família e quando chega a noite vislumbra poder estudar para dar algo melhor no futuro. Educação a distância é o futuro em um toque, por varias vezes presenciei pessoas comentarem as vantagens de fazer um curso a distância pela facilidade de escolha de horário salvo quando em uma faculdade que tem que cumprir uma carga horária, mas sabe-se que o seu diploma tem o mesmo valor que o de uma convencional.
Encontramos hoje muitas empresas oferecendo cursos a distância, inclusive faculdades de nome conceituadas no mercado do ensino também aderiram ao sistema, trazendo ainda mais confiabilidade aos cursos oferecidos.
Então companheiro o que esta esperando, procure hoje mesmo um curso a distância e veja como é pratico e rápido, e sinta o que milhares de brasileiros vem sentindo o prazer de poder estudar novamente.


PFF Abrão
www.pffbrasil.blogspot.com

domingo, 3 de março de 2013

" POLICIA FERROVIÁRIA FEDERAL EXISTE SIM" DIZ Dep. PATRIOTA



Discurso pronunciado pelo Deputado GONZAGA PATRIOTA – PSB/PE

 
Na Sessão do dia 01/03/2013.



Senhor Presidente,
Senhoras e Senhores Deputados,

 

POLÍCIA FERROVIÁRIA FEDERAL EXISTE SIM.

 

        

Quem nasceu numa Estação de Trem, foi ferroviário por mais de 10 anos e, como Deputado Federal Constituinte ajudou a inserir no artigo 144 da Constituição Federal, a Polícia Ferroviária Federal e, ainda, quem desde 1989, vem lutando pela regulamentação desse dispositivo constitucional, para instalação do DPFF – Departamento de Polícia Ferroviária Federal, só tem a lamentar e, muito, o que fez o respeitado Delegado da Polícia Federal, com exercício em Pernambuco, Bernardo Torres, prendendo mais de vinte Policiais Ferroviários Federais, na Estação da Mangueira, em Recife.

Na verdade, se arrastou há anos, no Ministério do Planejamento, o processo que regulamentará e criará o DPFF – Departamento de Polícia Ferroviária Federal, instituído através da Portaria nº 3.252/12, criando um Grupo de Trabalho para elaborar o Projeto de regularização dessa Polícia Ferroviária Federal que já existe de direito há 25 anos, art. 144, da Constituição Federal, mas, lamentavelmente, de fato ainda não. Enquanto esse processo se arrastou, em todo Brasil, estão organizados, servidores da Rede Ferroviária Federal, no exercício de guardiões do patrimônio da malha ferroviária e, em particular, da segurança dos milhões de humildes passageiros que viajam de trens e de metrôs, todos aguardando pacientemente a morosidade dos órgãos da União, em relação a esse processo.

         O nobre Delegado tem razão quando alega que “não existe Polícia Ferroviária Federal”, para justificar os motivos que desencadearam na prisão desses 23 policiais ferroviários do Metrô do Recife, na última quarta-feira dia 27do corrente. O Delegado explica que ainda não existe uma entidade pública denominada ‘Departamento de Polícia Ferroviária Federal’, embora reconheça que esse está previsto no artigo 144 da Constituição Federal e, mesmo assim, promoveu essa operação para prender os nobres Policiais Ferroviários Federais, sob a alegação de porte ilegal de arma e abuso desses servidores no sistema de metrô, culminando com a instauração de três inquéritos policiais, simplesmente porque tais servidores se passavam por Policiais Ferroviários Federais.

         Além dessas prisões, a Polícia Federal apreendeu armas, munições e os veículos de deslocamento desses policiais, deixando milhares de passageiros dos metrôs, na região metropolitana do Recife, sem qualquer segurança’.

         O jovem Delegado da Polícia Federal, Bernardo Passos, não levou em consideração que durante mais de quarenta anos, as rodovias brasileiras foram fiscalizadas pela Policia Rodoviária Federal, do antigo DNER, que, sequer, tinha o que tem hoje a Polícia Ferroviária Federal, a garantia constitucional e, nem por isso, a antiga PRF deixou de dar segurança nas rodovias, por todo esse longo período, até quando legalizada, em 1988, juntamente com a sua coirmã, Polícia Ferroviária Federal. Não tenho conhecimento de nenhum Policial Rodoviário Federal, preso antes de sua legalização.

         Em razão disso, estou mantendo contato com o Ministério                                    da Justiça para acelerar a tramitação desse processo e, urgentemente, encaminhar a esta Casa do Congresso Nacional, a proposta de criação definitiva da já existente de fato, na prática e de direito, na Constituição Federal, da querida Polícia Ferroviária Federal.

                Apelo, por fim, à Superintendência do DPF – Departamento de Polícia Federal, em Pernambuco, para liberar o material apreendido, bem como, arquivar as peças do Inquérito Policial aberto contra os 23 Policiais Ferroviários Federais.





Deputado GONZAGA PATRIOTA
Membro da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados

MENSAGEM RECEBIDA DIRETO DO GABINETE DO DEPUTADO GONZAGA PATRIOTA
PFF Abrão
www.pffbrasil.blogspot.com.br
pffbrasil@hotmail.com