quinta-feira, 29 de setembro de 2011

ATENÇÃO POLICIAIS FERROVIÁRIOS FEDERAIS DO RIO DE JANEIRO


ATENÇÃO

A CNRPFF, ATRAVÉS DE SEU PRESIDENTE CONVOCA A TODOS OS PFFs A COMPARECEREM NA REUNIÃO QUE SE REALIZARÁ AMANHÃ DIA 30 DE SETEMBRO ÀS 19:00HS, NA ESTAÇÃO LEOPOLDINA, SOLICITA O COMPARECIMENTO DE TODOS POIS É DE INTEIRO INTERESSE  E SUMA IMPORTÂNCIA.

Comunicado por Antonio C.Flor
blogesquadraoferroviario efoe

PFFAbrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/

ATENÇÃO POLICIAIS FERROVIARIOS FEDERAIS DA BAHIA E SERGIPE




ATENÇÃO

A ASSOCIAÇÃO DOS PFFs DA BAHIA/SERGIPE, NA PESSOA DE SEU PRESIDENTE CONVOCA TODOS OS PFFs DESTES ESTADOS PARA REUNIÃO QUE SE REALIZARÁ NO PRÓXIMO SABADO APARTIR DAS 9:00HS NA ESTAÇÃO DE CALÇADA.
REFERENTE A NOVA PORTARIA DO MJ, EDITADA NO ULTIMO DIA 28/10, FAVOR NÃO FALTAREM POIS É DO INTERESSE DE TODOS.

Informação enviada por e-mail por Wilson
,presidente da associação Ba/Se

PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/

PORTARIA MINISTERIAL Nº 2158/MJ


Caros companheiros como todos sabem sempre gostei de postar noticias que tenham fundamento portanto peço a todos desculpas pela demora da informação.


GABINETE DO MINISTRO

PORTARIA No 2.158, DE 28 DE SETEMBRO DE 2011



O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso de suas

atribuições legais, resolve:



Art. 1o Instituir Grupo de Trabalho com o objetivo de ana-

lisar alternativas para implementação do disposto no §8o do art. 29 da

Lei no 10.683, de 28 de maio de 2003, incluído pela Lei no 12.462, de

5 de agosto de 2011, elaborar plano de trabalho e efetuar as re-

comendações aos órgãos competentes.

Art. 2o O Grupo de Trabalho poderá, sem prejuízo de outras

providências que julgar necessárias:

I - convocar, mediante publicação no Diário Oficial da

União, os eventuais abrangidos pelo dispositivo citado no art. 1o, para

que apresentem, para fins de cadastramento, documentação relativa a

seu vínculo funcional; e

II - solicitar a quaisquer entidades civis ou órgãos públicos

documentação necessária ao alcance do objetivo disposto no art. 1o.

Art. 3o O Grupo de Trabalho será composto pelos seguintes

órgãos e respectivos representantes titulares e suplentes:

I - Secretaria Executiva do Ministério da Justiça, que co-

ordenará os trabalhos do grupo:

Titular: Luiz Paulo Barreto, Secretário-Executivo

Suplente: Paulo Machado, Subsecretário de Planejamento,

Orçamento e Administração

II - Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da

Justiça:

Titular: Gabriel de Carvalho de Sampaio

Suplente: Francisco Carvalheira Neto

III - Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça:

Titular: Tatiana Malta Vieira

Suplente: Gilberto Yuji Shiraishi

IV - Comissão Nacional dos Representantes da Polícia Fer-

roviária Federal:

Titular: Antonio Francisco Leão de Decco

Suplente: Eduardo Oliveira Coimbra



Art. 4o Serão convidados a participar do Grupo de Trabalho

os seguintes órgãos, que poderão indicar, cada um, seus dois re-

presentantes, titular e suplente:

I - Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão;

II - Advocacia-Geral da União;

II - Ministério dos Transportes; e

III - Ministério das Cidades.



Art. 5o A participação no Grupo de Trabalho será consi-

derada serviço público relevante por parte de seus membros e não

ensejará o pagamento de remuneração.

Art. 6o O Grupo de Trabalho terá um prazo 60 (sessenta)

dias, prorrogáveis por igual período, para conclusão de suas ati-

vidades, findo o qual será apresentado um relatório.

Art. 7o Esta Portaria entra em vigor na data de sua pu-

blicação.
Ministério da Justiça

JOSÉ EDUARDO CARDOZO.

Agora os GUERREIROS DE AÇO é real
um abraço
PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/

terça-feira, 27 de setembro de 2011

PROJETO REDAÇÃO LEGAL



Estarei lançando nos próximos dias o PROJETO REDAÇÃO LEGAL, o qual será feito com escolas públicas em primeiro plano como projeto piloto em municípios do nordeste.

O TEMA Será voltado a IMPORTÂNCIA DO SISTEMA FERROVÁRIO NO BRASIL.
Nossa intenção é incentivar o aluno do ensino público a escrita e a leitura preparando assim ele para que possa participar de vestibulares , enem entre outros.

Estamos em contato com empresas colaboradoras denominadas COLABORADORES CULTURAIS, o qual forneceram algo como patrocínio.

Estamos pensando em premiar o 1º colocado de cada grupo com um Notebook, o 2º um netbook, o 3º um micro sistem , o 4ºe 5º um celular, isso dependerá de nossos COLABORADORES CULTURAIS, certificados e troféus fornecidos pelo nosso blog.

Como estamos em inicio deste Projeto poderá haver algumas mudanças nas premiações.

Peço aos companheiros que de suas sugestões aguardo meu muito obrigado.

PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/

Fifa ameaça tirar Copa do Mundo do Brasil



A Federação Internacional de Futebol (Fifa) tem até o dia 1º de junho de 2012 para rescindir o contrato que prevê a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil sem que pague qualquer tipo de multa ao país sede do mundial, conforme prevê cláusula 7.7 do Host Agreement (Contrato para Sediar). Segundo matéria do jornal O Globo, a insatisfação da entidade é com a Lei Geral da Copa-2014, que foi enviada pelo Planalto para ser votada no Congresso Nacional na semana passada. Segundo o jornal, se cogita na Fifa anunciar no próximo dia 5 o cancelamento do evento marcado para de 20 de outubro, quando o Comitê Executivo da entidade planeja divulgar o calendário de jogos nas cidades-sedes tanto da Copa das Confederações-2013 quanto do Mundial-2014. Segundo o contrato para sediar, a rescisão será aplicada caso as leis e regulamentos necessários para a organização da Copa do Mundo-2014 não tenham sido aprovados, ou caso as autoridades competentes não estejam cumprindo as garantias governamentais exigidas. Itens como ingressos, credenciamento, proteção ao marketing de emboscada, gratuidades e até transmissão de TV foram editados em desacordo com o que foi discutido. Um dos pontos que irritou a Fifa é a exigência do governo federal de que todas as emissoras de TV do país tenham direito a exibir trechos da Copa do Mundo em noticiários. Além disso, a Fifa gostaria que o Estatuto do Idoso – que entre outros direitos concede meia entrada em eventos esportivos e culturais para os maiores de 60 anos – não valesse para o período do Mundial. A Fifa, segundo o O Globo, já estaria estudando quais países teriam condições de substituir o Brasil a tempo para sediar o evento.


Como escritor deste blog ao ler esta noticia de jornal o Globo, vejo como a FIFA tenta de qualquer maneira ditar o que e como deve ser feito, quando da criação da lei 12.407/11 a qual faz parte também nosso aproveitamento, a Fifa ficou com as mãos atadas sem poder fazer como em paises em que sediaram as copas anteriores, indicando construtores empresas de marketing, empresas para transmissão entre outros que queiram ou não geram receitas a entidade.

Veja bem o porque ela ameaça tirar a copa do mundo do Brasil, apenas por ter em suas leis o direito de vender ingressos mais baratos para idosos acima de 60 anos através do estatudo do Idoso, quer que o país passe por cima de suas própias leis para que beneficiem a quem.
Outro ponto é a liberdade de imprensa proibindo outras emissoras de nosso pais possam transmitir partes da Copa do mundo em seus noticiários.

Infelizmente vemos não no governo do Brasil que ja gastou milhoes entre PPPs e investimentos em cidades sedes, o descaso com a competição, mais sim o interesse de alguns de fora de nosso país querendo usufluir e se beneficiar daquilo que acham que lhes pertencem.

Ao Sr. Joseph Blater peço que entenda ele é presidente da FIFA e não do Brasil, ele pode até tirar a Copa do Brasil mais não o direito e deveres dos brasileiros que cumprem suas leis, e aconselho ao governo que se isso ocorrer cobre os gastos feitos com estudos e com construções que ja foram investidos pelo governo da entidade FIFA o qual vem querendo usufluir de nossas divisas. Mesmo que tenha em Host Agreement, uma clausula que lhe da este direito.

Nosso país mudou sua Cara, hoje temos mais orgulho ainda de sermos Brasileiros.
COM COPA OU SEM COPA AINDA SEREMOS BRASILEIROS COM MUITO AMOR PELO NOSSO PAIS.

PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/








domingo, 25 de setembro de 2011

Paciência Só Mais Um Pouquinho, Um Pouquinho Mesmo



Não turbe vossos corações, pois a vitória logo virá, o que DEUS promete ele cumpre passe o tempo que passar, para muitos era impossivel mais o que impossivel para DEUS?
Falta muito pouco, para DEUS entregar a vitória em nossas mãos. Crê e Verá.
O Nosso DEUS é o DEUS do impossivel.

PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/

POLICIAS FERROVIARIOS FEDERAIS FAZEM ROMARIA AO SANTUÁRIO NACIONAL PARA AGRADECEREM



A Celebração Eucarística das 10h30 deste sábado (23) no Santuário Nacional, contou com a presença da Romaria da Policia Ferroviária Federal.


Com representantes de Juiz de Fora (MG), Barra do Piraí (RJ), Lorena (SP) e outras cidades da região Sudeste do Brasil, o grupo é formado por 100 pessoas.

Segundo José Maria Lagden, organizador do encontro, a romaria até Aparecida tem como objetivo principal agradecer as conquistas dos últimos meses.

“A Polícia Ferroviária estava desativada pelo Governo Federal há mais de 20 anos, e agora tivemos a chance de voltar ao trabalho. Temos que agradecer essa graça à Nossa Senhora, pois recuperamos nossos empregos e estamos muito satisfeitos”, disse José Maria.

Enviado por PFF Moura RJ
PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/

domingo, 18 de setembro de 2011

A FASE DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO DO SOTEROPOLITANO.


 Estação de Calçada                                             Interior da Estação  meados de 90
Logo após a reforma em 1936
A FASE DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO DO SOTEROPOLITANO.


A linha-tronco da Viação Ferrea do Leste Brasileiro (VFFLB) era a linha original da E. F. Bahia ao São Francisco, aberta entre 1860 e 1863 e ligando a estação da Calçada, em Salvador, à de São Francisco, em Alagoinhas, ainda bem longe do rio do mesmo nome. Esta linha foi incorporada pelo Governo baiano em 1903, repassada a outros concessionários até que em 1911 foi entregue à concessão da Cia. Chemins de Fer Federaux du L'Est Bresilien, de capital francês. Em 1935, a VFFLB foi criada pelo Governo para ficar com o acervo dos franceses, já sem interesse de mantê-la. Em 1975 foi definitivamente incorporada pela RFFSA como uma de suas divisões, depois de ter sido uma das constituintes desta, em 1957. O último trem de passageiros de longo percurso passou pela linha nos anos 1980, e hoje (2005) trafegam, no trecho Calçada-Paripe, apenas trens elétricos metropolitanos, ainda sob a batuta da CBTU. Hoje todas as linhas baianas que sobram em atividade estão sob a concessão da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA).



A ESTAÇÃO: A estação de Salvador foi aberta com o nome de Jiquitaia em 1860, e era uma estação "central e marítima da estrada", segundo descrição de Cyro Deocleciano, em 1886. A estação, foi também chamada de Baía e Estação da Calçada. A estação sempre esteve onde está hoje, desde a inauguração em 1860. Jiquitaia hoje é o nome da avenida que, saindo da região do



ACIMA: Bairro da Calçada do Bonfim, depois Calçada, em 1861. Era nessa época considerada um arrabalde de Jequitaia, região afastada no município de Salvador (Fotografia: Camilo Vedani. Acervo Walter Lessa).

porto, chega a Calçada, que é o nome do bairro onde se localiza a estação. Entre o porto e a estação a distância é de cerca de 3 a 4 km. O que ocorria é que havia um ramal de linha singela que saía da Estação da Calçada e se dirigia ao porto de Salvador, sem paradas intermediárias. Até o início dos anos 1970, esse prolongamento percorria toda a extensão do cais do porto, mas, com a construção do terminal de containers, naquela mesma década, o ramal ferroviário só chegava àquele terminal. Na verdade, nos anos 1980 somente os trens de minério de Magnesita é que trafegavam para o porto, pois a empresa Magnesita tinha um terminal de exportação ao lado do parque de containers. O ramal que saía da Calçada cruzava duas movimentadíssimas avenidas da Cidade Baixa e ainda passava por dentro da Feira de São Joaquim (na verdade, foram os feirantes quem invadiram o espaço da ferrovia), praticamente raspando pelas barracas. Por causa disso, os trens de Magnesita só podiam trafegar durante as madrugadas. Como a Magnesita construiu um terminal novo do porto de Aratu, dentro da Baía de Todos os Santos, porto especializado na descarga e embarque de granéis sólidos, líquidos e gasosos, e não mora ninguém por lá, uma vez que a região pertence à Base Naval de Aratu, da Marinha do Brasil, que é a maior base naval brasileira fora do Rio de Janeiro, a linha férrea do ramal além da Calçada deixou de ter utilidade e foi desativada na segunda metade da década de 1990. A linha ainda está lá, mas não é mais usada. Aliás, os trens de carga nem mais vêm a Salvador, pois, segundo soube, as condições da linha entre Aratu e Paripe são péssimas. Em 1925, as tropas baianas que participaram da batalha em Catanduvas regressaram de trem à estação e foram recepcionadas pelo Governador Góes Calmon. Em 1936, ela sofreu uma grande reforma. Outra reforma veio em 1981. Ela é hoje uma estação de trens suburbanos tocados pela CBTU.

(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Flavio Cavalcanti; Alexandre Santurian; Acervo Walter Lessa; www.vfco.com.br; Cyro Deocleciano R. Pessoa Jr.: Estradas de Ferro do Brazil, 1886; RFFSA: Relatório da SR-7, 1984; Revista da Semana, 1925; Guias Levi, 1932-84).

Após este período a ferrovia passou as mãos do município a CTS, onde deu continuidade ao serviço de subúrbio de salvador, a CTS na verdade deu continuidade ao sucateamento dos trens de subúrbio de Salvador fazendo com que os trens percorressem por poucos Kms, dentro da região a segurança dos usuários da ferrovia é feita por empreiteiras (empresa de vigilância ) que não tem conhecimento da operacionalização da mesma e com o retorno de alguns funcionários da CBTU que foram enquadrados por meio da anistia fiscalizam os serviços prestados por estes terceirizados.

O sindicato dos ferroviários da Bahia, veem fazendo varias movimentações para que o sistema retorne as mãos do governo federal(CBTU), pois até os salários dos funcionários por muitas vezes é atrasado pelo governo municipal causando assim a paralização do sistema ferroviário.

Ainda hoje continua a construção do Metrô de Salvador, que é uma obra que vem dando muita dor de cabeça para o povo Soteropolitano, pois a prefeitura quer operar o sistema como faz com o sistema ferroviário. Os ferroviários estão preocupados com o fato pois ja sofrem com o descaso no sistema feito pela prefeitura do Salvador.


A CTS restaurou 4 unidades de trens BUD da década de 60 mais somente 2 estão em circulação pois as outras encontram-se sempre em manutenção e com preocupação dos que operam os mesmos.




PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Choque entre Trem e Ônibus na Argentina deixa ao menois 7 mortos

Choque de trens e ônibus na Argentina
deixa ao menos sete mortos

Choque ocorreu no bairro de Flores, em Buenos Aires; outros cem ficaram feridos

Passageiro ferido é carregado para fora de trem após o acidente

Ao menos sete pessoas morreram nesta terça-feira (13) em um choque entre trens e um ônibus ocorrido no bairro de Flores, em Buenos Aires (capital da Argentina), segundo o comissário da Polícia Federal do país, Omar Bravo, citado pelo site do diário Clarín.
A batida aconteceu quando um trem bateu no ônibus, que foi arrastado por vários metros, e saiu dos trilhos, caindo sobre a linha de um outro trem.
Equipes de resgate e bombeiros foram ao local, para retirar passageiros que estavam presos nos vagões e evitar o risco de incêndios, segundo a empresa TBA (Trens de Buenos Aires), que administra o serviço ferroviário.
O porta-voz da Polícia Federal, Fernando Sostre, disse que há crianças entre os feridos. As causas do acidente ainda serão investigadas - mas testemunhas ouvidas pelo Clarín disseram que o motorista do ônibus tentou cruzar a cancela que impede a passagem de veículos durante a aproximação e travessia dos trens.
O porta-voz da TBA, Gustavo Gago, disse que um dos trens, que estava chegando à estação de Flores, atingiu o ônibus e o arrastou, saindo dos trilhos após o impacto e invadiu a linha ao lado. Segundo ele, o sistema de sinalização estava funcionando corretamente e a possibilidade mais aceitável é de que o ônibus tenha mesmo ultrapassado a cancela.
- Trata-se de uma atitude temerária e imprudente do motorista do ônibus.

Fonte: R7.
Foto: Rodolfo Pezzoni/AP



PFF Abrão





.

.


segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Pela Terceira Semana Nosso Blog Aparece Entre os top30


Quero agradecer aos nossos amigos e leitores por estarem votando no TopBlog 2011, pela terceira semana consecutiva aprarecemos no Top30 os mais votados da semana.
Nossa batalha ainda não acabou precisamos que continuem votando em nosso blog, para ficarmos entre os 100+ do Top Blog 2011.
Contamos com todos vocês.

PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/

No Ultimo dia 02/09 PFF foi Capa do Jornal Diario de Santa Barbara d'oeste

Perícia é feita no ramal ferroviário em Santa Bárbara



Perícia é executada em ramal ferroviário no município



Ontem, um perito da Polícia Federal esteve em Santa Bárbara d´Oeste, acompanhado de agentes da Polícia Ferroviária Federal, para executar perícia no ramal ferroviário. O pedido da perícia foi feito pelo delegado da Polícia Federal de Piracicaba, Carlos Fernando Lopes Abelha, e corroborado pelo procurador da República em Piracicaba, Fausto Kozo Kosaka.

O perito e os agentes da Polícia Ferroviária Federal estiveram na região da Estação Cultural, onde houve alteração no trânsito para interligação das Avenidas Tiradentes, Pérola Byngton e Bandeirantes, na antiga fábrica de papelão, ao lado do Parque Araçariguama, no Jardim Itamaraty, onde o material retirado da ferrovia foi depositado e na região do Jardim Conceição.

De acordo com o delegado da Polícia Federal de Piracicaba, Carlos Fernando Lopes Abelha, existe um inquérito em andamento para investigar em tese crime de danos ao patrimônio público federal. O material do ramal pertence à extinta Rede Ferroviária Federal , sendo que o ramal está sob concessão da América Latina Logística – ALL. Para a remoção precisava a ALL ter conhecimento e a mesma comunicaria aos órgãos competentes: DNIT (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes) ou a ANTT (Agência Nacional dos Transportes Terrestres).

O delegado explicou que onde existem vestígios de suposta ação criminosa precisa ter a evidência do crime. O perito irá fazer o laudo pericial para identificar e apontar as evidências do crime. O exame pericial irá comprovar se houve retirada do material da via permanente e qual foi o processo se foi de forma adequada. Após isso, será possível apurar se houve crime de furto qualificado e crime de dano ao patrimônio público.

Em 2009, a Polícia Federal e agentes da Polícia Ferroviária Federal (RFF) já estiveram no município para investigar a retirada supostamente sem autorização de material da via permanente do ramal ferroviário dos locais onde visitaram ontem. O material da linha ferroviária é um bem público da União e só pode ser retirado com autorização dos órgãos responsáveis pelos mesmos.

Fonte: Diario de Santa Barbara.

PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Só mais alguns dias....




Aos companheiros Policiais Ferroviários Federais, pedimos um pouco mais de paciência pois nos próximos dias estará sendo publicada no DOU, portaria convocando todos a apresentarem docs e provas de que estavam no exercicio da função em 1990.

PFF  Abrão

Também no Recife Policia Ferroviária Federal participa de simulação de prevenção para a copa do mundo











 


Simulação no TIP para preparar Pernambuco para a Copa


Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR
 
Acontece esta manhã no Terminal Integrado de Passageiros (TIP), no bairro do Curado, em Jaboatão dos Guararapes, um exercício de operação policial simulada visando os preparativos para a Copa do Mundo de 2014. Uma delegação oficial da Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro composta pelo subsecretário Roberto Sá e por oficiais e por delegados acompanha a ação que vai capacitar os profissionais da Secretaria de Defesa Social (SDS) e aprimorar as condições operacionais dos órgãos envolvidos. O secretário de Defesa Social, Wilson Damázio e o secretário executivo da pasta, Alessandro Carvalho, além de autoridades civis e militares também participam dos trabalhos.


Pernambuco é o primeiro estado das regiões Norte e Nordeste a realizar a simulação, que acontece em quatro etapas: resgate a reféns em ônibus, desinterdição de vias, acidente envolvendo ônibus e um caminhão com produtos perigosos e múltiplas vítimas, como também a localização de objeto suspeito.

O treinamento acontece na área externa e no prédio principal do terminal e na área de embarque e desembarque da estação rodoviária do metrô. A ideia é que a rotina do local não seja afetada, sem prejuízos ou atrasos nos embarques e desembarques.

Além de setores da SDS como o Gabinete de Gerenciamento de Crises, o Grupo de Trabalho da Copa, o Centro Integrado de Comunicação, e a Coordenação Integrada de Inteligência, dentre outros, unidades da Polícia Militar como o Batalhão de Choque, de Trânsito e Rodoviário, Companhia Independente de Operações Especiais e com Cães, como também integrantes da Polícia Civil, Científica e do Corpo de Bombeiro Militar, vão participar da ação coordenada pela Secretaria de Defesa Social, juntamente a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Ferroviária Federal, a Administração do TIP, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU e a Superintendência do Metro Rec.

Fonte: diariodopernambuco.com.br

PFF Abrão




Policia Ferroviaria Federal em Recife, opera com motopatrulhamento.



Os Policiais Ferroviários Federais em Recife receberam nos ultimos dias motos para efetuarem o motopatrulhamento em locais de difícil acesso na grande Recife, trazendo assim mais agilidade e rapidez em atendimento nas ocorrências e nas urgências.

Foto extraida do orkut do PFF Aminadab.
PFF Abrão

domingo, 4 de setembro de 2011

Assembleia Legislativa da Bahia, aprova mudança no plano de saúde dos Servidores


Após 9 horas de discusão deputados baianos aprovaram mudanças no Planserv.
Projeto de Lei 19.394/2011 foi aprovado com 39 votos a favor, 20 contra e 3 ausências

O texto aprovado prevê que cada beneficiário terá direito a 12 consultas, 30 exames e 10 emergências por ano, sendo que todos os procedimentos durantes as emergências não entram na cota. Excetua-se desta norma os servidores que possuem algum tipo de doença crônica ou está em tratamento. A proposta prevê ainda que, no mês em que o servidor extrapolar a cota, pagará contribuições por cada procedimento adicional, sendo R$ 10 por exame, R$ 7 por emergência e R$ 6 por consulta. Esta cobrança, entretanto, será limitada a R$ 30 por mês por categoria, ou seja, após extrapolado o limite, se o servidor realizar 5 consultas de emergência, por exemplo, não pagará R$ 50, mas R$ 30. As crianças que possuem até 12 anos de idade têm um limite maior de consultas - 24 ao ano.


O Projeto criou ainda novas faixas de cobranças de mensalidade para o Planserv que prevê o aumento de preço à proporção do nível salarial. Antes, o preço cobrado variava entre R$ 26 a R$ 290 em 31 faixas. Agora, foram criadas outras novas sete subcategorias e o valor cobrado para ter direito ao plano pode chegar a R$ 360 para ganha acima do valor antes estipulado como teto. Foi criada também uma norma única para a cobrança de adesão do cônjuge, que pagará 40% do valor do segurado, independente de ser servidor público ou não. Os deputados retiraram do texto original ainda o artigo que concedia ao Estado o direito de reajustar o valor da contribuição cobrada aos servidores por decreto. Esta atribuição permanecerá com Conselho Gestor do Planserv, que foi ampliado e agora terá dez membros- 5 do estado e 5 do funcionalismo.

Negociação

A bancada do PCdoB votou pela aprovação do projeto com as mudanças negociadas a partir de interlocuçao com o movimento social. “Após a apresentação do projeto inicial, foi aberto um processo de debate com as entidades sindicais e muitas questões do projeto foram melhoradas e aperfeiçoadas dentro deste processo. O projeto deveria ser votado na semana passada, mas os sindicatos pediram e ele foi retirado da pauta e transferido para ontem. Durante toda a semana, os técnicos ficaram de plantão para prestar esclarecimentos às entidades e foram realizadas muitas reuniões de negociação, o que resultou em aperfeiçoamento em muitos aspectos. Precisamos agora acompanhar as mudanças para avaliar se as mudanças estão melhorando o atendimento ao servidor”, afirmou o líder da bancada do PCdoB, deputado Álvaro Gomes.

O deputado Bira Corôa (PT) também defendeu a aprovação do projeto com mudanças no Planserv. “Nós votamos a favor porque o projeto foi debatido com as entidades que representam os servidores e alterado de acordo com o andamento da negociação. A manifestação dos servidores na Assembléia é natural e acontece em todo o lugar, mas o projeto em si foi fruto desta discussão. Ele tem um papel regulador dentro do Planserv, como forma de manutenção do próprio plano”, disse o parlamentar, ressaltando que o projeto traz alguns avanços importantes como no caso de casal de servidores, que agora poderá pagar apenas 40% do valor do plano para um dos beneficiários e não mais os dois planos integrais como acontecia anteriormente.

Servidores mobilizados

As entidades sindicais que representam os servidores se posicionaram contra o projeto, mas ainda assim, participaram das negociações com o governo para mudar o seu conteúdo. “Nós nos somamos ao grupo de entidades que inicialmente rejeitou a proposta, mas diante da possibilidade de aprovação do projeto, sentamos para negociar para tentar amenizar as possíveis perdas financeiras, no sentido, de segundo o governo, melhorar e dar sustentabilidade ao plano. Nós conseguimos durante a negociação uma representação igualitária para o funcionalismo no Conselho que discute o Planserv. Então, dentro do Conselho, nós vamos tentar aprimorar, diminuir e atenuar as mudanças, fiscalizando a execução do Plano, para não onerar mais o funcionalismo”, afirmou Rubens Santiago, diretor do Sindicato dos Servidores da Fazenda da Bahia.

“Com a nossa mobilização, nós conseguimos barrar algumas mudanças que o governo estava tentando impor. Tivemos alguns avanços na negociação e com isso melhoramos o projeto inicial, que restringia as consultas médicas e os exames. Na reunião que fizemos na manha desta quinta-feira, definimos pelo caminho da manutenção da mobilização com um calendário de manifestações até outubro”, declarou Madalena Santos, diretora da Federação dos Trabalhadores Públicos da Bahia (Fetrab).

A Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB Sindicato) também participou da mobilização desde a semana passada. “Conseguimos, juntamente com outras entidades sindicais, o adiamento da votação do projeto, que inicialmente aconteceria na semana passada. E após oitos dias de negociação, entendemos que as emendas eram insuficientes para nós apoiarmos o projeto. Por isso, nós nos manifestamos pela rejeição do projeto e acompanhamos a votação até a madrugada de hoje, quando ele foi aprovado. Agora vamos manter a mobilização com um calendário de paralisação das categorias. Os departamentos jurídicos dos sindicatos vão estudar também, quais as medidas jurídicas poderemos tomar para contestarmos o projeto”, enfatizou Rui Oliveira, coordenador da APLB.

Reabertura do diálogo

A CTB- Bahia, que participou da mobilização dos servidores e da negociação com governo, avalia de forma criteriosa essa iniciativa do funcionalismo estadual. “Primeiro por entender que foi muito importante a unidade das diversas entidades no sentido de pautar o diálogo junto ao governo. Foi o processo de luta de diversas categorias, que fez com que o governo na semana passada sustasse a possibilidade de apresentar e votar o projeto em regime de urgência urgentíssima sem debater com o conjunto das categorias. Nós não descartamos em momento algum a necessidade da busca do diálogo, do entendimento, inclusive defendíamos com o governo que, a luz de um governo democrático-popular se tornava imprescindível a busca desta relação, já que nós apontávamos que o diálogo era necessário. O projeto não tinha ainda o conhecimento do conjunto das categorias e que portanto, os trabalhadores tinham motivos de sobra para questionar tanto a forma e mais ainda o conteúdo”, explicou o presidente da CTB Bahia, Adilson Araújo.

“Nós reconhecemos que foi muito importante pautar este diálogo, inclusive buscando dialogar para que o governo buscasse mudar a sua posição. Vale lembrar que tudo que o governo mudou, no sentido de melhorar a proposta inicial, foi fruto da pressão do funcionalismo público. Nós entendemos que estes avanços foram conquistados por este processo de luta. Entendemos também que luta pela valorização do serviço e dos servidores públicos não se encerra com o Planserv. O movimento considera que nesse momento se abre uma nova perspectiva e assim define como questão estratégica e fundamental a retomada imediata da negociação permanente com o funcionalismo público, a exemplo do que aconteceu no primeiro mandato de Wagner. Decide também por uma agenda comum com vista a dialogar mais e melhor com a sociedade, no sentido disso aprovou a construção de um Fórum Estadual em Defesa do Serviço e dos Servidores Públicos e um calendário de luta”, acrescentou o presidente da CTB.
Fonte:
Página Inicial
De Salvador,

Eliane Costa



quinta-feira, 1 de setembro de 2011

"A Locomotiva Baronesa a Primeira nesta Terra a Rodar"


Sei que para muitos estes últimos dias tem sido de angustia e aflição, mais quero refrescar a mente de todos e dizer que o que tiver que ser será, temos mais de 100 anos de idade 25 de luta para irmos ao MJ então espera mais um pouquinho que tudo se resolverá, tenham a certeza que os membros da comissão estão lá trabalhando por todos nós e a vitória virá mais cedo ou mais tarde e ai sua vitória estará completa.


Quando coloquei a frase extraída de nosso hino da PFF, foi para vos lembrar que somos tão antigos quanto a Baronesa, então ela esta lá firme e forte então vamos continuar assim, na esperança de que no amanhã tudo será melhor.

“Não existe vitória sem luta, não existe luta sem batalha não existe um vencedor se não lutar.”

PFF Abrão

www.pffbrasil.blogspot.com