terça-feira, 30 de abril de 2013

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Trens de carga são saqueados por gangues no interior de São Paulo



Publicado: domingo, 28 de abril de 2013
A ALL mantém rondas com seguranças no trecho, mas os saqueadores agem em grande número e em horários incertos.

Curta nossa página no facebook

Um trecho de três quilômetros da estrada de ferro concedida à America Latina Logística (ALL) em Sorocaba, a 92 km de São Paulo, tornou-se um pesadelo para a empresa que administra 21,3 mil km de ferrovias em todo o País.

Os trilhos atravessam o bairro Nova Esperança e os saques aos vagões de carga são frequentes e praticados por multidões de até 200 pessoas. Só este ano, foram furtadas 840 toneladas de arroz, 500 de cimento e 50 de açúcar em 11 vagões atacados. Houve também danos à linha e aos trens.

A cena lembra antigos filmes de faroeste: a locomotiva começa a patinar na graxa espalhada nos trilhos e vira presa fácil de piratas ferroviários - homens e mulheres usando máscaras, como mostram as imagens captadas por um cinegrafista TVTEM, de Sorocaba.

As composições passam pelo bairro, uma antiga favela, em velocidade reduzida a 25 km/h por causa de uma subida em curva e do risco de acidentes.

Os saques, antes restritos à noite, passaram a ocorrer à luz do dia. Numa das ações, mais de duzentas pessoas tomaram o trem, bateram com paus para desengatar os vagões e furtaram o açúcar.Em outra, os saqueadores separaram alguns vagões do resto do comboio para furtar a carga.

A Polícia Militar, quase sempre, chega depois que o saque foi consumado. No bairro impera a cumplicidade ou a lei do silêncio.

A ALL mantém rondas com seguranças no trecho, mas os saqueadores agem em grande número e em horários incertos. Jornalistas e fotógrafos já foram atacados a pedradas e ameaçados de morte. Entre os criminosos, muitos são menores e também mulheres.

A empresa já se reuniu com a prefeitura e a Polícia Militar em busca de solução. A ALL informou ter reforçado a escolta dos trens no local e, nas últimas semanas, as ocorrências diminuíram.

A empresa também investe num programa social no bairro. A empresa informou que as cargas têm seguro. Segundo a ALL, não há registro de ações semelhantes em outros trechos da ferrovia que a empresa administra.

O traçado da ferrovia no trecho urbano de Sorocaba remonta à construção da Estrada de Ferro Sorocabana (EFS), inaugurada em 1875. O trecho em que ocorrem os saques faz parte da extensão da ferrovia de Sorocaba à antiga Real Fábrica de Ferro de São João de Ypanema e foi construído em 1876.

O projeto de um contorno ferroviário e a retirada dos trilhos da área urbana está em estudos no Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT), sem prazo para execução.

Fonte: Agência Estado

sexta-feira, 26 de abril de 2013

MOTOQUEIRO MORRE ATINGIDO POR TREM EM MOGI

Homem morre atingido por trem em Mogi



Ao tentar cruzar irregularmente com a sua motocicleta a passagem de pedestres assistida, instalada pela CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) entre as estações de Braz Cubas e Jundiapeba, o trabalhador Tiago Santos do Carmo, de 36 anos, foi atingido por um trem, conduzido com destino a São Paulo, pelo maquinista William da Silva Guimarães. Ele e a moto, devido à colisão, foram jogados a cerca de 10 metros à margem dos trilhos. Tiago morreu na hora.
A Polícia Ferroviária atendeu a ocorrência e isolou o local. O delegado Daniel Miragaia foi verificar de perto o acidente. Constatou que a CPTM mantém vigilantes na passagem para alertar os pedestres. Ele e sua equipe registraram o Homicídio Culposo (sem intenção). “O acidente será apurado em inquérito”, afirmou a autoridade.
No local estavam os vigias Edi Carlos dos Santos e João do Prado Filho devidamente uniformizados e que vestiam coletes  sinalizadores. Às 7 horas, surgiu o condutor da moto AMK-5615, mais tarde identificado como Tiago, atravessando a passagem. João do Prado acenou para ele, visando alertá-lo sobre a aproximação do trem. Quando o trabalhador viu a composição tentou retornar, mas não deu tempo. O corpo dele foi removido ao Posto do Instituto Médico Legal. A passagem oficial da CPTM foi aberta para atender os moradores dos dois lados dos trilhos, mas desde que caminhem, pois o trânsito de veículos é proibido.(Laércio Ribeiro)

quinta-feira, 25 de abril de 2013

POLICIAIS FERROVIÁRIOS DETIVERAM IDOSA POR FURTO EM ESTAÇÃO DA GRANDE SÃO PAULO


Idosa é presa após furto em trem da CPTM

Diário de Suzano ed.: 9496 - 24 de abril de 2013
Uma idosa de 67 anos foi presa, na noite da última segunda-feira, acusada de furto dentro de um trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).
Segundo informações dos policiais ferroviários que atenderam a ocorrência, a aposentada Zilda Campos, de 67 anos, foi detida após furtar R$ 287 da bolsa de outra passageira. O modo de agir chamou a atenção dos agentes.
De acordo com a vítima, a copeira Rosangela Dyonisio, 34, por volta das 18h20 de anteontem, ela seguia em pé em um vagão da Linha 11-Coral (Guaianazes-Estudantes), junto com o filho, com o objetivo de descer em Suzano, quando em determinado momento a idosa, que estava sentada, se ofereceu para segurar a sua bolsa.
Depois de alguns minutos a copeira notou que havia algo de errado. O DS esteve na Delegacia de Polícia (DP) Central e conversou com a vítima. Ela contou que suspeitou que a aposentada estivesse furtando o dinheiro que estava em sua carteira.
"Achei estranho, em vários momentos percebi que ela estava mexendo a mão dentro da minha bolsa", disse.
Após perceber a ação, a vítima pegou a bolsa de volta e percebeu que estavam faltando cerca de R$ 287 de dentro da carteira.
Ainda segundo a copeira, a aposentada, ao notar que ela havia dado falta do dinheiro, tentou colocá-lo de volta dentro de uma sacola que estava sendo carregada pelo filho de Rosangela. Imediatamente, questionada sobre o crime, a idosa negou.
Depois disso, a copeira levou a idosa para os policiais ferroviários que a apresentaram na delegacia. Já no local, a ficha da acusada foi puxada e a polícia constatou que ela tem 13 registros criminais, sendo dez por furtos.
O dinheiro encontrado com ela foi devolvido à vítima. A aposentada foi encaminhada à cadeia pública feminina de Poá, onde permanece à disposição da Justiça.
A polícia deve investigar a participação da idosa em outros crimes semelhantes dentro das composições da CPTM.
OUTRO CASO Na tarde da última segunda-feira, um adolescente de 17 anos foi autuado em Poá acusado de portar uma arma de brinquedo.
Segundo informações do Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado na Delegacia de Polícia (DP) da cidade, por volta das 19h35, agentes de segurança da CPTM, seguiam em uma composição no sentido Mogi das Cruzes, quando desceram na plataforma de Poá.
Já no local, os agentes viram dois adolescentes conversando sobre furtar bonés na estação. Ainda de acordo com o documento, após abordagem, com o menor W.L.B, 17, foi encontrado uma arma falsa, que, segundo os agentes, seria usada para praticar roubos.
Após a autuação o menor foi liberado aos responsáveis legais.
PFF: Abrão
www.pffbrasil.blogspot.com

quinta-feira, 11 de abril de 2013

LEI É LEI




Boa noite meus amigos facebuquianos, o que tenho a passar a meus amigos sobre a audiência pública de hoje é realmente uma aula sobre direito constitucional dado pelo Sr. Dr. procurador Federal Marcos Antonio da Silva Costa MPF/PE, onde explanou nossa situação com muito afinco deixando muitos aficionados pelo direito pátrio com lágrimas nos olhos, o mesmo rompeu a barreira do conhecimento se debruçando sobre toda a história da Polícia dos Caminhos de Ferro até a promulgação da Constituição de 1988 onde nos absorve como PFFs, a lei deve ser cumprida e devem este direito a todos nós, parabenizo também ao amigo Wilson de Recife com seu depoimento emocionante contando como foi que ocorreu o incidente com sua pessoa em serviço, também ao DECCO por suas palavras na abertura dos trabalhos como também ao Sr. Superintendente da CBTU/REC pela consideração ao expor a situação o qual se encontra o metrô e a Ferrovia em Pernambuco em especial a região metropolitana sem a atuação dos PFFs.
Como sempre o Deputado Gonzaga Patriota PE se fez presente e continuou dando apoio irrestrito a nossa situação com palavras de apoio e incentivo para que se faça valer a lei.
O deputado Ademir Camillo MG, questionou o nobre Procurador a exemplificar melhor nosso aproveitamento e o mesmo sem questionar respondeu de pronto o que muitos gostariam de ouvir sobre o aproveitamento dos PSPF ( Profissionais de Segurança Pública Ferroviária) também dando continuidade a audiência o DR. Antonio Francisco Leão de DECCO pediu aos Srs. Deputados que agendassem  uma reunião e se convoca-se a presença do Sr. Dr. procurador Marcos Antonio, para se fazer um TAC  (Termo de Ajuste de Conduta) para se dirimir de vez nossa situação o qual foi de pronto atendido.
Nosso amigo e presidente do Sindicato dos Policiais Ferroviários Federais de Minas Gerais Eduardo Coimbra também questionou de maneira pontual sobre nossa situação e ainda exemplificou sobre o que é lei, se tenho que obedecer a lei seca, se tenho que obedecer tantas outras leis porque então os subordinados do governo não cumprem uma lei assinada pela chefe maior do país, A Srª Presidente da Republica Dilma Rousseff.
Embora esta audiência tenha sido de muita valia para todos nós estaremos aguardando a presença do indicado pelo Sr. Ministro da Justiça na próxima terça feira para ser sabatinado pelos deputados sobre nossa situação.
Saiba que para nós esta audiência repara muito e nos auxilia em nossa jornada a lei nos reserva o poder de atuar no  nosso meio ferroviário pois não existe outra Polícia Especializada e não cabe aos Estados cuidar do Bem Ferroviário se não for a Polícia Ferroviária Federal.
Abrão Santos
www.pffbrasil.blogspot.com.br