quarta-feira, 29 de maio de 2013

NOTA DE FALECIMENTO

É com pesar que divulgo o falecimento do PF 300, Sílvio. Grande companheiro e amigo que por vários anos atuou no Ramal de Santa Cruz, Rio de Janeiro. O sepultamento será amanhã, 29 de Maio, às 13:00h no Cemitério de Santa Cruz, RJ.

DECISÃO JUDICIAL PARA OS POLICIAIS FERROVIÁRIOS FEDERAIS


VITÓRIA VITÓRIA
POLÍCIA FERROVIÁRIA FEDERAL - RETORNO EM DEFINITIVO
SEGUE: SENTENÇA NA INTEGRA COM SEUS DISPOSITIVOS E FUNDAMENTO.

27/05/2013 16:31 - Decisão. Usuário: JBJ

PODER JUDICIÁRIO
JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA
Seção Judiciária de Pernambuco
9ª VARA
Gabinete do Juiz Titular

Decisão interlocutória: apreciação de pedido de tutela liminar

Relato

Ação civil pública nº 0006489-96.2006.4.05.8300
Autor: Ministério Público Federal
Réus: Companhia Brasileira de Trens Urbanos/CBTU e União Federal

Tutela demandada: condenar a reconhecer os substituídos processuais oriundos da Rede Ferroviária Federal, antes da vigente Constituição, como policiais ferroviários federais.
Antecipação pretendida dos efeitos da tutela demandada: garantir o exercício, em todo território nacional, pelos substituídos processuais, do policiamento ostensivo ferroviário federal, inclusive com uso de arma de fogo, a exemplo do que ocorre com os agentes policiais do Departamento de Polícia Federal e do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, consoante orientações do Ministério da Justiça, devendo este, para tanto, no prazo de sessenta dias, expedir o correspondente regramento viabilizador do cumprimento da medida judicial.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Fazer Policiamento Ferroviário Não é Brincar de Tremzinho.



Fazer Policiamento Ferroviário Não é Brincar de Tremzinho.

A história por si já conta os passos destes incansáveis Homens de Ferro, a 161 anos lutando e protegendo o bem da união e o seu bem maior Você, eles não temem a escuridão nem a chuva para se fazer presente diante de uma situação onde o passageiro o a carga esteja em perigo, saiba que para fazer isso tem que ter amor a sua profissão e ainda saber que quando chegar em casa tem que abraçar toda a família por maior o sacrifício que tenha feito naquele dia.
Fazer policiamento ferroviário não é somente colocar uma farda e ir para a plataforma ou para o trecho como costumamos dizer, é preservar o bem estar do cidadão e ser socorrista e prestar o bom serviço em prol de outrem, muitos que faziam este policiamento já tombaram diante da ineficácia, de um não reconhecimento de poucos mais já recebeu os louros de muitos  desconhecidos por terem salvos suas vidas.
Policiamento Ferroviário não é brincar de ser segurança de trenzinho, até porque nesta profissão quem se agrega são pessoas que estão ligadas direta ou indiretamente com a ferrovia, até porque não estamos em berço esplendido aguardando sob a luz do sol caírem nossos soldos, mas lutamos para o bem comum.
A Polícia Ferroviária Federal não deveria ter caído no esquecimento de muitos governanytes e sim se tornar parte da história deste país, pois a guarda e segurança do então imperador D. Pedro ll foi feita por nossos antigos Homens de Ferro.
Hoje nos tornamos incomodo a um grupo de pessoas que pensam que o Brasil pertence a eles mais esquecem que antes de existir o transporte rodoviário de grãos pelas rodovias deste Brasil as nossas riquezas eram transportadas pelas ferrovias que cortam nosso país do Oiapoque ao Chuí.
Lembrem-se não se faz uma ferrovia moderna ágil e segura sem a POLÍCIA FERROVIÁRIA FEDERAL.
PFF Abrão
WWW.pffbrasil.blogspot.com

segunda-feira, 6 de maio de 2013

LUTO PELO PFF BOCHECHA (SOUZA)PFF 384

APÓS SENTIR UM MAL SÚBITO VEIO A ÓBITO , COM UM ENFARTO FULMINANTE NO ÚLTIMO DIA 05/05/2013, EM UMA OPERAÇÃO NA ESTAÇÃO VALARINHO EM BH.NOSSA HOMENAGEM PÓSTUMA AO COMPANHEIRO SOUZAPFF384(BOCHECHA), E NOSSOS SENTIMENTOS AOS FAMILIARES DO MESMO. A FAMÍLIA PFF ESTA EM LUTO.

PFF Abrão
www.pffbrasil.blogspot.com