terça-feira, 14 de junho de 2011

Deputada saúda a presença dos Policiais Ferroviários Federais no Plenário da Câmara e é homenageada

Deputada saúda a presença dos Policiais Ferroviários Federais no Plenário da Câmara e é homenageada


Postado em 14 de junho de 2011 por Alice Portugal



A deputada Alice Portugal discursou na tribuna da Câmara dos Deputados durante a sessão ordinária desta terça-feira, 14 de junho, saudando os policiais ferroviários federais que lutam pela reativação de sua corporação. Para a deputada, esta categoria foi prejudicada pela onda de privatizações que infelicitou o Brasil durante os governos de Collor e FHC e tem lutado bravamente para reativar a Polícia Ferroviária Federal e voltar a policiar as ferrovias do país e o patrimônio público, que tem sido ano a ano dilapidado.

Os policiais Dado Brazaville e Noraldino entregam flores e um certificado de reconhecimento da luta de Alice em defesa da Policia Ferroviária Federal

Dado Brazzawilly e Noraldino  PFF da Bahia entregam flores e um certificado de reconhecimento da luta de Alice em defesa da Policia Ferroviária Federal



Alice destacou que tanto o Ministério da Justiça, como a Advocacia-Geral da União (AGU) concluíram análise sobre a criação da Polícia Ferroviária Federal no âmbito do Ministério da Justiça, e o aproveitamento de ex-empregados de empresas estatais, extintas, como primeiro efetivo do quadro da nova polícia. O assunto foi discutido também no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e na Casa Civil.

A deputada ressaltou que as privatizações de ferrovias da União, feitas nos governos Collor e FHC, não impedem o exercício da atividade da polícia ferroviária federal, uma vez que estas ferrovias continuam pertencendo ao governo federal e sua administração foi concedida a particulares mediante licitação por tempo determinado.

Os policiais ferroviários federais querem que a Câmara aprove uma emenda apresentada à Medida Provisória 527/2011 que garante a estruturação da PFF e o aproveitamento dos policiais na guarda das ferrovias e na segurança do patrimônio da União





Nenhum comentário:

Postar um comentário