terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

DEPOIS DE SÉCULOS A POPULAÇÃO DO ABC NÃO PODERÁ MAIS DESEMBARCAR NA LUZ



CPTM, garante que trem da linha 10 turquesa que liga o ABC ao centro de São Paulo não irá mais parar na estação da LUZ, o caso esta discutido também por políticos da região que solicitam da concessionária do estado a reativação deste percurso, a muito tempo a CPTM excluiu os moradores de Paranapiacaba retirando os trens de subúrbio que faziam aquele trecho, hoje vemos os mesmo tratamento com os moradores desta região serem proibidos a poder descer onde necessitam.


O direito de ir e vir do cidadão esta sendo deliberadamente proibido pela CPTM, quando impede de seus usuários descerem em uma estação que a séculos estava a serviço da população.

Ficamos tristes em ver o governo aceitar o que esta ocorrendo, como pode um trabalhador que tem seu emprego no centro descer na estação do Brás para poder ir até seu trabalho.

"Tecnicamente, diria que não tem como a operação voltar à Luz", advertiu Bandeira. Segundo o presidente, o objetivo da mudança é "garantir mais conforto" aos passageiros no terminal, por onde passam quase 500 mil pessoas ao dia. "O excesso de gente nas plataformas poderia trazer riscos às pessoas", acrescentou. A demanda na Luz aumentou no ano passado, após a inauguração da Linha 4-Amarela do Metrô.

Bandeira justificou o motivo de a Linha 10 ter sido a escolhida para o corte, e não a linha 7-Rubi (Luz-Jundiaí), que passa pela Estação Barra Funda antes de chegar ao centro da Capital. Na Barra Funda é possível acessar a Linha 3-Vermelha do Metrô. "Nossas pesquisas apontaram que a necessidade dos passageiros da Linha 7 de chegar à Luz é maior do que os da Linha 10. Decidimos, então, privilegiar a maioria." Também pesou na decisão o fato de que os usuários do Grande ABC têm uma opção a mais de baldeação, na Estação Tamanduateí, da Linha 2-Verde (Vila Prudente-Vila Madalena).

O presidente do Consórcio afirmou que entendeu os motivos apresentados, apesar de "estar indignado como cidadão". "Esperamos que, com os futuros investimentos da CPTM e do Metrô, essa decisão não seja para sempre", acrescentou Mário Reali.

parte do texto extraida do Jornal: DGABC
PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/




Nenhum comentário:

Postar um comentário