sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Metrô do Recife contrata 150 seguranças


150 novos seguranças, incluindo 30 mulheres, foram contratados para atuar nos trens e estações de metrô recifenses a partir dessa quinta-feira (2). Agora, são 348, contando também os vigilantes patrimoniais. Os novatos estão em dois turnos, das 5h às 23h, nas linhas Centro, Sul e Diesel.


"Eles estão circulando dentro dos trens para combater desentendimentos entre os passageiros, depredação dos vagões, desrespeito de pessoas alcoolizadas, irregularidades cometidas por vendedores ambulantes, entre outros problemas cotidianos", informou o gerente de operações de segurança do Metrorec, Augusto Lima. Caso se deparem com essas situações, os seguranças devem descer na estação mais próxima e acionar os policiais ferroviários.

De acordo com Lima, não havia vigilantes dentro dos trens há cerca de quatro meses, quando a empresa terceirizada passou a não realizar o pagamento dos funcionários corretamente, causando a suspensão do contrato. A nova empresa é a BBC Segurança.
Fonte NE10
PFF Abrão
http://www.pffbrasil.blogspot.com/




5 comentários:

  1. Estou cansado de saber que empresas ferroviarias estão contratando seguranças aqui e acolá, tirando nosso lugar que por direito estamos tentando convencer nossas autoridades. Parece que este blog faz apologia a este tipo de contratação, grande noticia, pobres vigilantes, tristes Policiais Ferroviarios no anonimato, sem identidade, doi.

    ResponderExcluir
  2. Não concordo quando o anônimo diz que o blog faz apologia a esse tipo de contratação. Sabemos que a terceirização da segurança metroferroviária não é o caminho, mas infelizmente aqui em Recife era imprescindível esse contrato. Nós do sindicato dos metroviários de Pernambuco já entramos com uma ação contra a terceirização da segurança e a abertura de concurso público para a área. Infelizmente sabemos que isso não vai ocorrer da noite para o dia.

    ResponderExcluir
  3. Arthur Agostinho Marioni22 de fevereiro de 2012 13:48

    Devemos denunciar ao Ministério Público Federal, já que a competência para efetuar o policiamento nas ferrovias é da Polícia Ferroviária Federal, e se está havendo omissão do Ministério da Justiça em regulamenta-la (mais de 23 ANOS), o(s) responsável(is) deve(m) ser também processado(s). Isto o Procurador Geral da República não vê.

    Arthur Agostinho Marioni
    PFF

    ResponderExcluir
  4. Na verdade isto vai influenciar no nosso processo!
    Coisas de Pernambucanos, vão querer que esperemos mais uns 20 anos para dar tempo colocar estes contratados no MJ!
    Jeitinho Brasileiro!!
    Vai cumendo raimundão!

    ResponderExcluir
  5. Amigo Augusto Lima, gostária de obter notícias referentes as pensionistas, trata-se da viuva Beatriz de Lima Batista, que era casada com o Vigilante Nelson Berdino Batista, todo o seu tempo, foi efetuado na Paraíba.
    Foi admitido no ano de 1944; pois,a viuva gostária saber se seu nome encontra-se na listagem dos pffs. E se o Adv. de Maceió/Al, pode entrar com ação na justiça, quanto a Equiparação salarial.
    Aguardo sua resposta
    Atenciosamente,
    Antonio P
    Rep.pffs/Pb
    Em, 28/02/2012

    ResponderExcluir