sábado, 24 de julho de 2010

Descarrilamento de trem turístico mata 1 e fere dezenas na Suíça

foto AP/ 24 horas news


Reuters/Brasil Online





ZURIQUE (Reuters) - Um passageiro morreu e 42 ficaram feridos quando um dos trens turísticos mais conhecidos da Suíça, o Glacier Express, descarrilou nesta sexta-feira, em plena alta temporada das férias de verão na Europa.
A mídia suíça disse que a maior parte dos feridos era de turistas japoneses viajando nos vagões da primeira classe, que ficam na parte de trás do trem que saiu dos trilhos. Doze estavam em estado grave.
O Glacier Express é a principal atração turística do país, e viaja de St. Moritz a Zermatt, passando pelos Alpes.
O acidente aconteceu pouco antes do meio-dia, quando o trem, que transportava 210 passageiros, passava por um viaduto entre o resort de esqui de Lax e o vilarejo de Fiesch, perto da fronteira entre Suíça e Itália.
Dois vagões capotaram e um poste parou um terceiro, que descarrilou.
Mais de 150 funcionários foram enviados ao local como parte da operação de resgate, incluindo helicópteros, ambulâncias, médicos e bombeiros, disseram as autoridades.
"Sentimos um choque e vimos vários vagões do trem descarrilarem na curva", afirmou um passageiro à televisão suíça.
A porta-voz da polícia de Valais, Jean-Marie Bornet, disse que o trem não estava em alta velocidade e na hora do acidente passava por uma curva suave.
"É uma surpresa o trem ter descarrilado neste local", Bornet disse à televisão suíça. "Ainda não há uma explicação para essa tragédia".
Acidente fatais de trens são raros na Suíça.
(Reportagem de Lisa Jucca, em Zurique; e de Stephanie Nebehay, em Genebra)

Nenhum comentário:

Postar um comentário