segunda-feira, 26 de julho de 2010

Lembra da historia do desarmamento?

Lembra da historia do desarmamento?




Pouco antes do Referendo de 23 de Outubro de 2005, circulou por toda Internet uma notícia dando conta de que, a razão pela qual a Rede Globo apoiava fervorosamente a Campanha de Desarmamento , seria o fato de que essa empresa teria se associado a Glock, fabricante austríaca de pistolas semi-automáticas, para dominar o mercado de segurança privada em todo o País. Com o cidadão proibido de ter armas e com a segurança pública praticamente falida, a Rede Globo criaria



uma gigantesca empresa de segurança particular e a Glock por sua vez, forneceria as armas com exclusividade.





Na época, tal ideia parecia absurda! Alguns afirmaram que era um simples boato ou invenção dos defensores do NÃO! Ora, como uma empresa de armas de fogo estrangeira se instalaria em um País cujo Governo estava em franca campanha contra o comércio de armas de fogo?



Pois agora a verdade veio a se confirmar. Acaba de ser inaugurada a Glock do Brasil S.A. na Av. Cidade Jardim, 400 em São Paulo /SP. Uma distribuidora oficial das pistolas Glock em solo brasileiro. E agora a surpresa; quem teria dado suporte político para mais essa falcatrua? Ele mesmo, o mentor do desarmamento brasileiro, o senador antiarmamentista Renan Calheiros!





Renan, segundo notícias que somente agora vazaram, teve a canalhice de, na época em que começaram a fermentar as primeiras propostas de desarmamento, ameaçar a diretoria das Forjas Taurus do Rio Grande do Sul (maior fabricante de armas leves da América do Sul), com a seguinte proposta criminosa: ele exigia três milhões de reais da empresa para, não apenas engavetar o então projeto do Estatuto do Desarmamento, como continuaria usando as pistolas Taurus nas Forças Nacionais de Segurança.





Como a Taurus recusou-se a fazer tal negociata, Renan Calheiros e sua comparsa Rede Globo levaram a cabo seus planos, iniciando aquela brutal campanha contra o comércio de armas de fogo no Brasil. É verdade que o povo brasileiro não engoliu todas aquelas mentiras e eles acabaram sendo derrotados no Referendo com uma carraspana de 64,93% de NÃO! Hoje está comprovado que tudo era verdade. Aliás, o próprio presidente da Glock do Brasil, Luiz A. Horta declarou:





"... todos os agentes de segurança do Governo e os homens do Serviço Secreto, tiveram suas pistolas Taurus trocadas por Glocks novinhas em folha". Se, após tomar conhecimento de mais essa vergonha, você, mesmo não gostando de armas, ficou indignado, repasse o mais possível essa mensagem. Vamos fazer com que todos saibam de mais essa sujeira do "Senador das laranjas" Renan Calheiros!



Hoje o cidadão brasileiro não pode comprar uma arma e um policial tem que enfrentar a burocracia para sua defesa, enquanto os bandidos usam qualquer tipo com toda liberade.







--------------------------------------------------------------------------------



HENRIQUES - PFF / RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário